Mês: abril 2021 (page 1 of 1)

ENTREVISTA: Nossos heróis desenvolvimentistas mantiveram o mercado fechado por muito tempo

José Ricardo Fucidji
José Ricardo Fucidji

Doutor em Economia pela Unicamp. Professor Doutor do Instituto de Economia dessa Instituição, leciona disciplinas na graduação e no programa pós-graduação.

Em entrevista ao Fatos. Argumentos?, o professor da Unicamp José Ricardo Fucidji vai além de sua área de especialidade, que é a história das ideias econômicas. Como intelectual arguto, Fucidji atenta para o funcionamento das engrenagens da economia brasileira, comenta certo clima de impasse no contexto política e destaca o papel do empresariado nacional para atual estado de coisas do desenvolvimento do País.

José Ricardo Fucidji, a certa altura do nosso diálogo que aconteceu via Zoom, mostra que não tem lá tanta paciência assim com os jornalistas econômicos. Ainda assim, deu a este site … Continue Lendo

O lado escondido do orçamento público

Robson Zuccolotto
Robson Zuccolotto

Doutor em controladoria e Contabilidade FEA-USP; Pós-Doutor em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas – SP, Professor da Universidade Federal do Espírito Santo; pesquisador e autor de trabalhos (livros, capítulos de livros e artigos científicos) na área de finanças e contabilidade pública.

Apesar de parecer um tema que não impacta diretamente nossas vidas, ouvimos diariamente na TV ou lemos nos jornais notícias relacionadas ao orçamento público. Temas como corte de gastos, equilíbrio orçamentário, reformas (previdência, administrativa), teto de gastos, superávit ou déficit primário e nominal etc. Em geral o tema vem sempre acompanhado por uma analogia ao orçamento doméstico e defendendo a ideia de que se os gastos são muito altos é preciso cortá-los. Raramente aparece alguém … Continue Lendo

Uma literatura destrutiva

Gustavo Racy
Gustavo Racy

Gustavo Racy (1988) é filósofo, antropólogo e tradutor. Doutor em Ciências Sociais pela Universidade da Antuérpia, é editor da sobinfluencia edições, autor de artigos em revistas nacionais e internacionais e organizador do livro Walter Benjamin está morto (2020, sobinfluencia).

Winfried Georg Maximilian “Max” Sebald nasceu em Oberallgäu em 1944 e morreu cedo, muito cedo, aos 57 anos em Norfolk, Inglaterra, em 2001. Sebald sofreu um derrame enquanto dirigia e faleceu antes mesmo do carro sair da estrada. É interessante como começamos a falar sobre personalidades a partir de suas datas de nascimento e morte. Interessante e, até certo ponto, inútil, porque isso não faz mais do que apresentar à audiência um nome e uma linha cronológica. Ao … Continue Lendo

A concentração de forças vai matar meu clube do coração?

Rodolfo Ribeiro
Rodolfo Ribeiro

Doutor em administração pela FEA-USP e mestre pela PUC-SP. Professor de disciplinas de marketing na Fatec Sebrae. Desenvolve trabalhos de pesquisa e consultoria com o torcedor e futebol como principais objetos de pesquisa.

“O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.”

Esse trecho da obra de Fernando Pessoa adquiriu quase um status de alguns supostos trechos da Clarice Lispector. E dá para entender. Afinal, todo mundo tem aquele que não é o Tejo, mas passa pela sua aldeia. Quando ouvi pela primeira vez essa passagem, … Continue Lendo

ENTREVISTA: O governo Biden vai enfrentar desafios cada vez mais frequentes

Denilde Holzhacker
Denilde Holzhacker

Doutora em Ciência Política pela USP (2006).
É professora no curso de Relações Internacionais da ESPM-São Paulo. Coordena o Legislab (Laboratório de Monitoramento do Legislativo) e o Núcleo de Estudos e Negócios Americanos (NENAM).

Fábio Andrade, um dos editores deste Fatos. Argumentos?, convive quase diariamente com a professora Denilde Holzhacker, cientista política, especialista em Estados Unidos e professora da Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Foi essa relação, pautada pela liderança tranquila e pelo cuidado para com a análise e construção dos argumentos, que motivou a escolha da professora Denilde Holzhacker para ser a primeira entrevistada deste site.

Na conversa a seguir, a qual os leitores têm acesso na íntegra, a professora Holzhacker fala sobre os desafios … Continue Lendo

Brasil na rota do terrorismo de extrema direita?

David Magalhães
David Magalhães

Professor de Relações Internacionais da PUC-SP e FAAP e coordenador do Observatório da Extrema Direita

“Torture os números e eles irão confessar qualquer coisa”, disse o escritor norte-americano, Gregg Easterbrook. O mesmo adágio valeria para alguns conceitos que, quando suficientemente torturados, gastos e banalizados passam a significar tudo e, consequentemente, nada. Quando o conceito é, também, um instrumento político de demonização do outro, um rótulo para desqualificar o adversário, aí o terreno onde paira a estabilidade semântica fica ainda mais pantanoso. Exemplo disso foram as repetidas vezes em que Geraldo Alckmin e José Serra foram chamados de fascistas. Por amor à lógica, se classificamos os dois tucanos como fascista, que termo teríamos de empregar para tipificar Jair … Continue Lendo

O New Deal do século XXI

Marcelo Balloti Monteiro
Marcelo Balloti Monteiro

Economista formado pela PUC-SP, mestre em Economia Política pela PUC-SP, doutor em Ciências Sociais pela UNESP. Docente na Universidade Anhembi-Morumbi desde 2019 e analista setorial na Lafis Consultoria. Pesquisador nas áreas de Macroeconomia e Economia Internacional com foco em União Europeia.

O crash da Bolsa de Nova Iorque em outubro de 1929 e a consequente Grande Depressão que se instalou nos anos vindouros foi a primeira grande derrota que os economistas liberais sofreram. Impávidos pela salvaguarda da “mão invisível”, as forças de mercado jamais produziriam desemprego; se isto ocorresse seria de maneira voluntária, ou seja, aqueles desempregados assim o estariam por não aceitar um salário mais baixo. Nada mais tolo.

Havia possibilidade de existir desemprego involuntário … Continue Lendo

Entre o frango e a floresta: o dilema da diplomacia de Bolsonaro

Helena Margarido Moreira
Helena Margarido Moreira

Professora de Relações Internacionais e Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo.

Imagine que você é o negociador-chefe enviado pela maior potência do planeta para fechar um acordo com o país detentor da maior parte da maior floresta tropical do mundo em busca de um reengajamento nos esforços coletivos para o combate ao aquecimento global. Do outro lado da mesa, o principal interlocutor mostra à tua equipe uma imagem clássica em padarias brasileiras (ênfase no brasileiras) de um cachorro sentado olhando sedento para uma máquina de frango assado – em que os frangos carregam cifrões de dólares – onde se lê “expectativa de pagamento”.

Poderia ter sido apenas um episódio de “choque cultural”, com … Continue Lendo

O que a coluna do ombudsman tem a ensinar sobre o lugar da escuta?

Fabio S. Cardoso
Fabio S. Cardoso

Jornalista, produtor do Podcast Rio Bravo e autor de “Capanema”, publicado pela editora Record.

A jornalista Flávia Lima é a ombudswoman da Folha de S.Paulo. Como titular da função, sua missão é “receber, investigar e encaminhar as queixas dos leitores”, além de realizar a crítica interna do jornal; e uma vez por semana analisar a cobertura dos meios de comunicação, com destaque para a Folha de S.Paulo. O comentário da ombudswoman, no entanto, extravasa essa disposição mais técnica. Dito de outra maneira, a leitura mais atenta do noticiário permite que a audiência conheça os mecanismos internos da política, da economia e, claro, do jornalismo e de suas escolhas. O que a princípio deveria ser de … Continue Lendo

Respostas filosóficas para questões negacionistas

Sillas de Souza Cezar
Sillas de Souza Cezar

Economista formado pelo Mackenzie, com graduação parcial de Gestão de Políticas Públicas na USP, com mestrado na PUC SP e doutorado na Unicamp, ambos em Educação. Foi Economista Chefe da Terna Consultoria, é professor da FAAP e consultor independente de projetos do setor público e privado nas áreas de Economia, e Educação.

Sem medo de errar, podemos entender que a busca pelas melhores respostas é a motivação central de qualquer interessado na verdade, seja lá o que isso for. Salomão pediu a Deus o poder de saber quais seriam as melhores decisões a serem tomadas ao longo de sua vida. Em certo sentido, saber o que fazer equivale saber como ser feliz. Se uma pessoa … Continue Lendo

Entre a Pressão da Torcida e as Estatísticas do Técnico! O Patrasmente na Política Social.

Fabio Pereira de Andrade
Fabio Pereira de Andrade

Doutor em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV) com realização de Doutorado Sanduíche na University Of Texas at Austin. Mestre e graduado em Economia. Professor no Curso de Relações Internacionais da ESPM.

Comecemos por uma referência extremamente popular: o Futebol. O maior dos esportes! Possivelmente por sua imprevisibilidade, o jogo em que o pequeno pode derrubar o gigante! Será que esse é o motivo para tanta paixão? Difícil saber. A polêmica está aí.

Para o torcedor comum, a renovação de contrato do craque de seu clube alimenta incertezas. Osvaldo Paschoal é um experiente comentarista esportivo, que construiu termos populares para ilustrar os desafios da renovação. A renovação contratual passa pelo “patrasmente” e … Continue Lendo

Gostou do site? Então espalhe a palavra! :)

Cadastre seu E-mail
Instagram